segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

O eficiente trabalho da PM em Penápolis



Caros Amigos,





Em postagens anteriores, já escrevi sobre o grande problema que a população penapolense e demais cidades do interior paulista vem sofrendo com o aumento da violência. Mas quero destacar o grande trabalho que a Polícia Militar de Penápolis está desenvolvendo, na ação de inibir os marginais e proporcionar sensação de segurança para todos.


A mega-operação organizada na última sexta-feira, 23, pela PM de Penápolis resultou em uma das maiores apreensões de armas de fogo já registrada no município. Por volta das 22h15, policiais juntamente com o policiamento da 4ª Companhia do 2º Batalhão de Polícia Rodoviária, o TOR (Tático Ostensivo Rodoviário), apreenderam 20 pistolas de fabricação israelense, calibre 9mm, com as inscrições G-CHEROKEE, BUL, sem numeração, 47 carregadores para pistola, dez miras laser e dez suportes (para acoplar a mira laser).

O pesado armamento estava em poder de Juvanci Borges da Silva, 58 anos, morador da cidade paulista de Jaú e camuflado em um veículo Santana placas BJD-1576/Jaú. O veículo foi parado no quilômetro 296 de Rodovia Assis Chateaubriand, em Penápolis, quando os policiais efetuavam o policiamento preventivo na rodovia. Ao abordarem o veículo dirigido pelo acusado, devido sua reação, causou desconfiança nos policiais de que estivesse transportando alguma mercadoria ilícita.

Ao realizarem uma vistoria minuciosa, foram encontradas as armas escondidas em um fundo falso no tanque de combustível do veículo. O acusado foi preso em flagrante e conduzido até a Polícia Federal de Araçatuba, onde, após a realização dos procedimentos normais, foi transferido para a Cadeia Pública de Penápolis. As armas foram apreendidas. De acordo com o comandante da Polícia Militar de Penápolis, capitão Deocleciano Borella Júnior, a mega-operação iniciada no final da tarde de sexta-feira e encerrada por volta das 22h00 resultou ainda em 503 abordagens.

Foram instalados dez pontos de bloqueios em diversos pontos da cidade com a participação de 84 policiais militares de Penápolis, Araçatuba, Birigui e Bauru. Foram utilizadas 32 viaturas, além do helicóptero Águia 1, de Bauru. Segundo o comandante da Polícia Militar de Penápolis, capitão Deocleciano Borella Júnior, a mega-operação iniciada no final da tarde de sexta-feira e encerrada por volta das 22h00 resultou ainda em 503 abordagens.

A operação resultou ainda no flagrante por tráfico internacional de armas do morador de Jaú e no farto material apreendido. Foram registrados 19 boletins de ocorrência, um deles por porte de entorpecente. O comandante ressaltou que foram fiscalizados 299 veículos, o que resultou na apreensão de oito deles.

Já em relação a motos, foram vistoriadas 223 e apreendidas seis. Durante a mega-operação 62 condutores, por razões diversas foram autuados e expedidos 51 autos de infração de trânsito na área urbana e 40 em rodovias. Foram apreendidos 12 documentos e fiscalizados cinco estabelecimentos comerciais.

Parabéns ao comandante Borella e a PM pelo excelente trabalho, e que continuem realizando estas operações, desmontando os margianais que causam medo e preocupação para as pessoas inocentes!

2 comentários:

Blog do Cláudio Henrique disse...

E da-lhe repressao ao crime! Belo trabalho da PM, bela postagem.

Michele disse...

Ivan! Muito obrigada pela visita no meu blog!!

Curti seu post, temos realmente que aplaudir alguns trabalhos da polícia!

E parabéns pelo texto!

Beeeeeejo