domingo, 13 de abril de 2008

Jornal da Noite com Boris Casoy



Caros Amigos



Quero destacar a estréia de Boris Casoy no Jornal da Noite pela Tv Bandeirantes nesta segunda-feira, dia 14. Boris Casoy trabalhou em grandes redes de televisão como a TV Tupi, SBT, TV Record. Seu estilo é muito particular em expressar sua opinião com respeito as notícias e gosta muito de usar suas expressões como "Isto é uma vergonha" e "É preciso passar o Brasil a limpo", ambas conhecidas perante os telespectadores.

Ao mesmo tempo que enalteço a TV Bandeirantes pela contratação deste grande jornalista que é Boris Casoy, aproveito para enfatizar a grande perda que tiveram com a saída deste grande jornalista que é o Roberto Cabrini onde agora faz parte da equipe de Jornalismo da TV Record. Acredito que infelizmente o Roberto Cabrini deve perder sua liberdade de expressão devido algumas restrições que a Record impõe perante os jornalistas.

Se os diretores da Band pensassem um pouco, veriam que Boris Casoy e Roberto Cabrini seriam uma grande equipe comandando o Jornal da Noite. Roberto Cabrini com suas excelentes reportagens investigativas e especiais e Boris Casoy com sua excelente competência em apresentar o telejornal e tecer seus comentários a respeito das notícias. Tenho a máxima certeza que seria um dos melhores telejornais no Brasil com essa grande dupla de jornalistas. Gosto muito do Roberto Cabrini visto ter como lema a ousadia mas com responsabilidade para fazer as melhores reportagens. Mas como os diretores não pensaram nisso, pelo menos souberam contratar um grande jornalista de peso no lugar do Roberto Cabrini. O Jornal da Noite começa à partir das 00h00 pela Tv Bandeirantes, de segunda à sexta-feira.

5 comentários:

Ronaldo Ruiz disse...

Fala Ivan!
Cara, me recordo que o jornalismo no SBT foi bom somente na época do Boris Casoy, me traz boas recordações. Espero que ele faça muito sucesso em seu novo telejornal, ele estava meio sumido. Não concordo com todos do Casoy, mas os argumentos dele são bem feitos. Tomara também que o Cabrini se de bem na sua nova casa.
Abraços e parabéns pelo texto!

Blog do Cláudio Henrique disse...

Grande amigão.
Meu assim como o Ronaldo, me lembro do TJ Brasil, no SBT. O Bois Casoy é sensacional, muito inteligente, é o que a Band precisava pra fazer seu jornalismo ficar mais potente do que é.
Sou fã do Casoy e agora é que eu acompanharei este jornal com mais assiduidade, o Cabrini foi substituido a altura, e pena que ele foi pra Record, onde terá sua liberdade um tanto quanto restrita.
Irmao, seu texto ta muito bom, continue assim, abraços.

Anderson Augusto Soares disse...

Caro Ivan, seria ótimo se o Cabrini e o Casoy estivessem juntos. Mas a Band não pôde segurar o repórter, porque a Record tem "bala na agulha". Nessas transações o que imporeta é o dinheiro. Temo, também, pela possível falta de liberdade que o Cabrini possa encontrar. Mas espero que, em caso extremo, ele pule pra fora do barco...

Anônimo disse...

Boa tarde. Sem dúvida o jornalista Boris Casoy é um dos poucos que ainda fazem seu trabalho de forma imparcial e intelligente. Porém, no dia 16, em mais uma edição de seu jornal, fazendo um comentário, pertinente, aos militares que estão sendo acusados de participarem indiretamente da morte dos três moradores da Providência,fez o seguinte comentário:" É um absurdo militares do Exército como a Instituição que é terem cometido tal atrocidade". Concordo,com exceção,quando o nosso ilustre jornalista posicionou-se surpreso quanto à existência de um oficial. Entendo que nesse momento, apenas às praças das forças podem ser atribuidas faltas de tal natureza.
Gostaria de salientar que todos são importantes para um grupo e que as praças de uma força trabalham muito duro e ainda têm que se submeter a regulamentos severos que se quer fizeram parte na idealização. Grato pela oportunidade.

vania disse...

eu acho o boris casoy um reporter bom critico agora willian bonner e manipulado pela tv globo quer dizer e um lambe saco do sr roberto irineu marinho tv manipulada como ele quer manipular me por que sou filha dele tenho direito de se expor