segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Final de semana de "baixas" no Rádio


Caros Amigos,

Nos últimos dias, o Rádio perdeu figuras importantes. Nomes que marcaram a história deste importante meio de comunicação, o Rádio. Neste final de semana, mais três nomes famosos, partiram deixando saudades: O locutor esportivo, Doalcei Camargo; o radialista Francisco Carioca; e o cantor Bob Nelson.

DOALCEI CAMARGO
Morreu de infarto, na madrugada deste sábado (29), o locutor esportivo Doalcei Bueno de Camargo, aos 79 anos. Doalcei começou sua carreira aos 16 anos de idade na Rádio Tupi carioca. Passou pelas Rádios Globo, Continental, Tamoio, Nacional e Guanabara, todas no Rio de Janeiro.O corpo do narrador foi velado no cemitério São João Batista, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, e cremado neste domingo (30), no Memorial do Carmo, no Caju.

FRANCISCO CARIOCA
Na última sexta-feira (28), faleceu o radialista Francisco Carioca, aos 69 anos, que lutava contra um câncer no pâncreas. Francisco trabalhou no Sistema Globo de Rádio e ficou conhecido pelo bordão: - "Aqui, Francisco Carioca. Aí, você, ouvinte, que é o mais importante!".Apesar de ter se tornado famoso no Estado do Rio de Janeiro, Francisco Carioca nasceu em Ubá - MG, e ingressou no Rádio por meio de seu conterrâneo, Ary Barroso.Também trabalhou na Rádio Tupi e Manchete (RJ). Em São Paulo, dirigiu a extinta Rádio Difusora 650 kHz, atual Rádio Mundial AM.Ele foi enterrado na tarde deste sábado (29), em Macaé, na Região Norte Fluminense.

BOB NELSON
Foi enterrado na manhã deste sábado (29), no cemitério São João Batista, em Botafogo (RJ), o corpo do cantor, Nelson Roberto Perez, popularmente conhecido como Bob Nelson. Internado há dois meses num hospital no centro do Rio, Bob Nelson faleceu aos 91 anos, vítima de câncer e complicações pulmonares. Conhecido por participar de bailes e programas de Rádio, começou a carreira ainda nos anos 30 e foi o primeiro artista brasileiro a misturar o ritmo caipira ao country americano. Um de seus maiores sucessos foi "Ó, Suzana", versão da música popular do século XIX escrita por Stephen Foster.

Fica registrado nossos sentimentos com a perda destes grandes nomes do Rádio Brasileiro que fizeram história.

*Com informações do site Bastidores do Rádio

Um comentário:

Ayne Regina Gonçalves Salviano disse...

Lamento profundamente a perda.
Linda homenagem que voê fez.